Twitter

23 de fev de 2010

De que forma eu tenho que te amar

Ilustração

De que forma eu tenho que te amar
Parece que eu estou em um labirinto
Eu já nem sei pra onde andar
Os meus passos estão sem destino

Vem me dar o seu calor
Se não eu desanimo
O que tem em mim é amor
Sinto falta do seu carinho

Mas pra dizer a verdade
Eu sei o que tem no meu coração
O que sinto é saudade
De te beijar com paixão

Eu quis te dar muito amor
Simplesmente você rejeitou
Eu nem pude me expressar
Muito rápido você me deixou

Não sei o que eu deixei faltar
Até hoje penso comigo
De que forma eu tenho que te amar
Pra me livrar desse castigo

Por Márcio Ferreira

19 de fev de 2010

Num corpo só (Maria Rita)

Maria Rita

Num Corpo Só
Maria Rita
Composição: Picolé / Arlindo Cruz

Eu tentei, mas não deu pra ficar
Sem você enjoei de esperar
Me cansei de querer encontrar
Um amor pra assumir seu lugar

É muito pouco,
Venha alegrar o meu mundo que anda vazio, vazio
Me deixa louca
É só beijar tua boca que eu me arrepio,
Arrepio, arrepio

E o pior
É que você não sabe que eu
Sempre te amei
Pra falar a verdade eu também
Nem sei
Quantas vezes eu sonhei juntar
Teu corpo, meu corpo
Num corpo só

Vem!
Se tiver acompanhado, esquece e vem
Se tiver hora marcada, esquece e vem
Vem!
Venha ver a madrugada e o sol que vem
Que uma noite não é nada, meu bem

18 de fev de 2010

Vem aqui sempre foi o nosso ninho

Ilustração

Vem aqui sempre foi o nosso ninho
Vem com sua delicadeza me dar carinho
Tira-me o sufoco
Dar-me a sua atenção nessa noite de frio

Peço-te um pouco
Do seu beijo que me causa arrepio
Eu fico louco
Para completar esse vazio

Eu não sei até quando vou poder lutar
O que eu faço pra poder me recuperar
A solidão insiste em me machucar
Procurei uma maneira de curar

Sem você eu não vou suportar
Eu tentei, mas não deu pra segurar
Enjoei de tanto esperar
Não agüento mais chorar

Já não tenho mais o seu calor
Parece que ainda sinto o seu sabor
Só me restou a dor
E morrer aos poucos de amor

A sua falta está me matando
Não faz isso comigo, por favor,
Vou continuar implorando
Em quanto eu estiver te amando.

Por Márcio Ferreira

Imagem: Flávio Cruvinel Brandão

11 de fev de 2010

Quero você na minha vida

Ilustração

Não apenas meus olhos
Mas meu coração enxergar você
O que mais quero na vida é te encontrar
Para a minha vida alegrar
E nosso dia se encantar

Com o seu olhar
Faz-me brilhar
Eu estou a cada dia a te adorar
Quero unir nossos corpos para ver no que dá

Muito coisa boa acontecer
A gente se ter
Entre abraços e beijos fazer renascer
Que um dia a gente consiga nos ver

O meu coração palpita
A emoção se agita
Quero você na minha vida.

Por Márcio Ferreira

9 de fev de 2010

Previna-se

Ilustração

Recebi esse vídeo por e-mail e decidi compartilhar com vocês, por ser muito engraçado e também passa a informação de prevenção de maneira divertida, dei muita risada com esse vídeo criativo que tentei descobrir o autor não obtive sucesso, se alguém sabe alguma informação do autor por favor me avise pelos comentários ou pelo formulário de contato do blog. A única fonte que tem é no próprio vídeo; Creat Ivity creio eu que foi publicado esse vídeo no site pelo autor procurei o mesmo não encontrei. Também achei o vídeo no Youtube!

8 de fev de 2010

Quem sabe um dia

Ilustração

Acho que estou a te adorar
Quem sabe um dia te amar
Meu coração te aceitar
Eu me pego a pensar
Que seu sorriso veio me conquistar
Não tenho o que negar

Estou gostando desse jeito
E quando eu me deito
Fico imaginando nós dois
Agarradinhos aos lençóis

Por em quanto é só um pensamento
Algo que está vindo de dentro
Não sei explicar a respeito

Pode ser uma confusão
Que entrou no meu coração
Está se transformando em paixão
Espero que sinta a mesma emoção
E você se entrega a essa sensação

Não negue por que se eu sinto amor
Vou acabar sentindo a dor
Eu quero sentir o seu calor

E sua respiração quente
Faz-me arrepiar de repente
Entregando-me conseqüente
Para o seu beijo ardente.

Por Márcio Ferreira

Imagem: Living

7 de fev de 2010

A respeito do amor

Conicas1

O que sei a respeito do amor
Tirando-me a sensação da dor
Faz-me entregar sem pudor

Poder amar com o coração
Deixa entregar a emoção
E poder transmitir a paixão
É a fonte da minha inspiração

Dou a você sem medo e nem restrição
Posso até escutar a canção
Ao tocar seu corpo com a mão
E com a minha boca na sua sentir a excitação

Que vai do meu corpo para o seu
Dou-te o meu apogeu
Faz-me teu

Só você sabe me fazer feliz
Me desperta os desejos
Com almejos dos seus beijos
Eu sou o seu aprendiz

Sempre querendo te amar
Envolvendo-te em meus braços
Fazendo o corpo arrepiar
Unindo-nos em laços
Nesse caminho andar
Com singelos e leves passos

Para não demorar
E a gente se encostar
Com isso termos um ao outro sem cessar
A noite toda delirar
Junto contigo sonhar
Assim eu sempre vou te amar.

Por Márcio Ferreira

Imagem: Wikipédia

1 de fev de 2010

O tempo cura, a paciência ensina

Ilustração

Batidas do meu coração é o tempo
Tentando esquecer as amarguras que me pegaram
Você não se importa com o meu sentimento
E eu fico aqui nessa solidão na qual você me deixou
Por amar de mais recebi esse castigo que me abalou
Ou talvez seja um aprendizado para eu não me entregar assim
A dor é profunda...

Conseqüência de eu ter acreditado que poderia ser feliz te amando
Mas você sabe que eu sou o único que sente esse amor por ti
Em lugar algum você encontrará uma pessoa que te amará
Com a mesma intensidade que eu amo
Por que dentro de mim é verdadeiro e grandioso
Mesmo com todo esse amor que lhe ofereço
Com tudo que meu coração pode te dar
Você só fez ignorar e hoje eu estou sofrendo

Esse sentimento que você mal correspondeu
Para falar a verdade nunca foi correspondido
Apenas brincou com que é verdadeiro
Só escuto as batidas do meu coração ferido
Está ofuscado de tanto que eu choro
Mas eu posso e devo te esquecer
Quando isso acontecer voltarei a sorrir

Não cometerei o mesmo erro
Não vou conseguir amar outra pessoa da mesma forma
Por que o amor é único e ele eu já perdi
Para curar as minhas feridas vou dar um tempo pra mim
Tenho que pensar só em mim para me recuperar dessa desilusão
Tenho a certeza que você vai enxergar a realidade
E perceber a besteira que fez me deixando

Com isso vai ser tarde de mais eu já te esqueci
Só espero que você suporte o quanto estou suportando
Foi bom o quanto durou...
Agora só tem os pedaços que precisa ser reconstruído
Mesmo eu te amando se você voltar a trás não adianta
Não quero passar pelo que eu já passei
Por medo de acreditar e você me deixar novamente

Agora já não tenho esperanças
Foi tudo se esgotando com o sofrimento
E te amar nessa dor não está fazendo bem pra mim
O amor não é para brincar
Ele é para sentir como eu sinto
Mas essa ferida um dia cicatrizará
E voltarei a viver por amor próprio.

Por Márcio Ferreira

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira