Twitter

12 de ago de 2011

Pelo menos um dia

pelo menos um dia
O Incerto que pode me causar
A incerteza de um dia não te ter
E o que me causa essa incerteza no coração
É simplesmente o que me machuca
Devo sair por ai e não querer conversar
Preciso ficar sozinho me deslanchar
Espairecer a cabeça sem rancor
Ficar puro dentro de mim e não chorar
Sem tristeza eu devo caminhar
Na estrada que me consola e deixa meu coração mais confiante
A desilusão não me atingir
Devo amar sem cessar dar carinhos
Receber um ato de amor para ser compartilhado entre nós
Vamos nos juntar e assim concretizar o amor mais puro que já vivemos
Quero ser em ti o melhor e você em mim ser verdadeira
Preciso te encontrar e por alguns segundos te amar
Levar isso comigo até o fim da minha vida
Pelo menos um dia te tive
Te toquei, te abracei e te amei.
Por: Márcio Ferreira

3 de ago de 2011

Carinhos

Carinhos
O coração palpitante e numa razão sem fim
O amor que domina e o destino são assim
Algo bom irá de acontecer com essa pobre alma
Que fica em navegar pelos pensamentos
De um grande amante ou não
Sempre distante o coração
Não sustenta a estrutura o alicerce está corrompido
Está quase caindo, pois não conseguirá.
Cada dia mais pesado o que pesa é a falta
De algum carinho que venha de você.

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira