Twitter

22 de jun de 2012

O que aprisiona as paixões

untitled
O que aprisiona as paixões, viver em um sentimento sem condições,
Sempre explorar o que é difícil
E assim reviver com amor sem inicio.
Não poder enxergar o fim
Conseguir sorrir mesmo assim
E viver sempre por cima
Não tem nem o clima, eu acho que o coração fica confuso,
Porque tem as desilusões, porque existe o final?
Não sei o que me deixa calado diante desse sentimento confuso,
Podendo me expressar ao máximo,
Deixando tudo acontecer no embalo
E nessa subida encarar o acaso
De uma vida que não expande
E a onde encontrar felicidade?
Quando não está dando certo,
Mas tudo isso não chega ao fim, não teve nem começo.
Somente o sentimento
A paixão presa no peito.
Por Marcio Ferreira

17 de jun de 2012

Nana Caymmi - Resposta ao tempo (1998)

NanaCaymmiCantando

Mais uma musica romântica para quem gosta de MPB, Nana Caymmi 1998. Escute a musica no final do post…

“Letra”

Batidas na porta da frente é o tempo
Eu bebo um pouquinho pra ter argumento
Mas fico sem jeito, calado, ele ri
Ele zomba do quanto eu chorei
Porque sabe passar e eu não sei
Um dia azul de verão, sinto o vento
Há folhas no meu coração é o tempo
Recordo um amor que perdi, ele ri
Diz que somos iguais, seu eu notei
Pois não sabe ficar e eu também não sei
E gira em volta de mim, sussurra que apaga os caminhos
Que amores terminam no escuro sozinhos
Respondo que ele aprisiona, eu liberto
Que ele adormece as paixões, eu desperto
E o tempo se rói com inveja de mim
Me vigia querendo aprender
Como eu morro de amor pra tentar reviver
No fundo é uma eterna criança que não soube amadurecer
Eu posso, ele não vai poder me esquecer
No fundo é uma eterna criança que não soube amadurecer.
 

16 de jun de 2012

Passos

Passos
Em passos lentos o que me veio à inspiração
E por muito pensar foi um furacão
Que de mim fez mais pensativo
Igual em uma varanda olhando o horizonte
Não me desfez o pensar, mas sim cortou meu coração,
Por causa das lembranças, isso não parava de lembrar
O que me fez assim um grande pensar
Uma imaginação fértil
A me perturbar é como uma ave que não consegue chegar
E seu destino fica longe o seu objetivo não alcançar É frio o coração com esse pensamento
O que me deixa feliz é que posso lutar
A conquista me alegra, meu coração volta a esquentar.
Meus passos ficam mais rápidos
E os pensamentos não são mais tristes
É sempre bom conseguir o que faz sorrir.

3 de jun de 2012

sem pressa

pressa
É bom viver o dia a dia
Sem espaço do tempo
Porque o tempo não para
O que para é animação
E se não for do jeito
Que o tempo nos leva
Não acontece
E se quiser do seu jeito
Não ficará bom
Então, tente fazer diferente.
Mesmo que não consiga
Tudo isso não será em vão
Não lamenta se for difícil
Apenas comemore a conquista
Jamais reclame de que conquistou.
Por Marcio Ferreira

1 de jun de 2012

Estou de volta…

estou de volta
Bom, depois de dez meses sem postar aqui por motivos seguintes, estava sem internet decente e esperando a casa ficar pronta para mudar, agora tudo está se normalizando e vou tentar postar algumas poesias, videos, musicas e tudo que gosto de escrever, irá ter algumas coisas meio fora do contexto de que eu acostumava postar nesse blog não terá apenas romantismo apesar de eu gostar tanto desse tipo de categoria, estarei preparando uma postagem para estes dias, até lá.

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira