Twitter

12 de dez de 2008

Ilusão



Paixão que arde o meu peito, febre que me faz queimar
Amor que me aquece, olhares que me hipnotizam
Gestos que me fazem parar no tempo, pensamentos que
Fazem-me lembrar, palavras que me fizeram acreditar
Carinhos que me fez sonhar, sonhos em que eu tive
E nada disso foi o bastante para que você ficasse ao meu lado
Foi apenas mentiras que me destes e isso machucou meu coração
Quantas juras de amor ouvi saírem de sua boca
Quantos momentos em que você me fez acreditar que havia
Paixão, até seu olhar me dizia que havia
Com tal coisa assim fui enganado
Você mentiu em suas palavras e me fez creditar que era paixão
Puro capricho seu e agora estou aqui
Na solidão, no desespero querendo você
Querendo o que você vinha me prometendo, querendo o que
Você jurou que sentia por mim
Não sei o quanto vou resistir, não sei se vou sobreviver
A toda essa sua ingratidão e mentiras
E para completar ainda te amo, mas não acredito mais em uma
Só palavra que você me diz
Apenas luto contra esse sentimento que está me fazendo mal.
Por Márcio Poeta
Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira