O vento

O Vento
O vento se formou e levou
Meu coração não pode segurar
E assim isso não cessou
E como o vento foi maldoso
Como ao todo pude perceber
Que tudo aquilo que sonhava
Foi se perdendo
Não tive escolha, não consegui segurar.
Mais ou menos fiquei disperso
E tanto sofri o quanto fui descobrindo
O que me causava tal insegurança
E isso foi me desgastando aos poucos
Essa bárbara realidade me confundindo
A minha descoberta era desconcertante
Imagina só, tudo que eu havia sonhado.
Vendo se dissipar ao leu
E o tanto que era tarde não conseguir reaver de volta
O que pude fazer se tudo não passou de um erro
Era terrível e sem piedade
Tentei disfarçar e esconder de mim mesmo
Mas não pude outra vez, isso estava dentro de mim.
Lembrando-me a cada dia
O meu descuido me causou o que eu temia
A perda que eu tinha que ter a quem culpar
E essa pessoa não poderia ser eu
O culpado que arrumei me revelou
Aos poucos fui sabendo que...
Aquela perda não era culpa do vento
E sim de mim próprio
Imagine outra vez o que senti
Como me senti é inexplicável
É o sentimento que somente eu sei
Para nunca mais cometer o mesmo erro
Distrair-me na vida quando faz parte de sentimento.
E depois de tudo isso soube
Que sempre descobrimos no final
Sempre achamos o verdadeiro culpado
Seja ele quem for, até você.
Por Márcio Ferreira
Compartilhar:

Lágrimas do despertar

lagrimas
Lágrimas fez-me acordar
E no banho que recebi
Consegui enxergar o que me feria
Essas lágrimas que banhou-me
Foram fortes o suficiente
 Para que eu percebesse
Que não vale a pena sofrer
Não pode ficar na mesma
Devemos correr atrás de outras oportunidades
O coração precisa se recuperar
O amor precisa superar
Estou falando do amor próprio
Na verdade é esse que importa
O que sobra é consequência
Da sua capacidade
Não fique assim da mesma forma sempre
Mude de disco
Troque a canção
Sugiro que não ouça a mesma música
Tem que variar, porque se não mudar
Irá ficar monótono e triste
Sempre querendo um amor que não te quer
Então, ame a si mesmo
Para depois compartilhar.
Por Márcio Ferreira
Compartilhar:

Pelo menos um dia

pelo menos um dia
O Incerto que pode me causar
A incerteza de um dia não te ter
E o que me causa essa incerteza no coração
É simplesmente o que me machuca
Devo sair por ai e não querer conversar
Preciso ficar sozinho me deslanchar
Espairecer a cabeça sem rancor
Ficar puro dentro de mim e não chorar
Sem tristeza eu devo caminhar
Na estrada que me consola e deixa meu coração mais confiante
A desilusão não me atingir
Devo amar sem cessar dar carinhos
Receber um ato de amor para ser compartilhado entre nós
Vamos nos juntar e assim concretizar o amor mais puro que já vivemos
Quero ser em ti o melhor e você em mim ser verdadeira
Preciso te encontrar e por alguns segundos te amar
Levar isso comigo até o fim da minha vida
Pelo menos um dia te tive
Te toquei, te abracei e te amei.
Por: Márcio Ferreira
Compartilhar:

Carinhos

Carinhos
O coração palpitante e numa razão sem fim
O amor que domina e o destino são assim
Algo bom irá de acontecer com essa pobre alma
Que fica em navegar pelos pensamentos
De um grande amante ou não
Sempre distante o coração
Não sustenta a estrutura o alicerce está corrompido
Está quase caindo, pois não conseguirá.
Cada dia mais pesado o que pesa é a falta
De algum carinho que venha de você.
Compartilhar:

Memória do tempo

Ilustração
O tempo anda e vai passando
As lembranças ficam e não passam
Se for coisas boas envelhecem
Na memória, se for coisas ruins
Tenta esquecer, mas não consegue
E quando acontecem desejara que não tivesse
Tudo passa e como pode ser diferente
Mesmo tentando não resgata
É melhor ter um pensamento bom
Do que ter feito o que não agrada
Prefiro ficar nas lembranças boas
E sorrir quando lembro
Do que ficar tentando esquecer as más
O que te faz sorrir? São suas conquista
E as boas ações que você pratica
Mesmo que seja sem querer
Um dia irá lembrar
Daquele gesto estará guardado na memória.
Compartilhar:

Não saberei dizer

Não saberei dizer
Não pude esquecer o que me fez assim
Em tudo vejo amor, até nas piores coisas
No fundo pode ter algo diferente
Não me negues e nem fique se escondendo
Não a vejo por completo
Também, não a tenho por inteira
E a imaginação se acaba
O que não consigo é amar
Sem ter você por perto
Não por outra pessoa, meu coração é seu
A vida se transforma numa só razão
O coração palpita num só tom
E a boca só deseja o beijo de uma pessoa
Não é bem um sintoma
Apenas o sentimento
Que ajuda a revelar o que existe por dentro
Acho que não sou louco, tenho a certeza que sou feliz
São meus botões dentro da cabeça
Que não esquece um semblante
É o que está me animando na vida
O viver dessa pessoa que me trás
Essa alegria no peito, amor do jeito de amar
Por Márcio Ferreira
Compartilhar:

Alguma dúvida?

Ilustração
As duvidas atrapalham, mas não podemos saber de tudo e qual pessoa não ficou na duvida de algo? De ser que pode ter tentado ou não... A duvida a melhor maneira de não sofrer com isso é se houver a chance de saber o caminho certo ou se você tem duvidado de algo semelhante ao amor, mesmo sendo na vida cotidiana faça o certo, pois, correr pelo certo é a melhor opção de não se arrepender... A vida trás o que a gente constrói, a vida não trás surpresas sendo que você plantou uma semente mal colherá um fruto mal... Se você selecionar da melhor forma os grãos você terá bom resultado final
O que não adianta são os choros sem que tenha alguma reação da sua parte para melhorar se algo estiver te chateando tente consertar e não fique parado sem fazer nada pra que isso pare de burlar sua vida... Você era feliz e agora não consegue nem ao menos sorrir, não se desespere, pois, a vida não te faz infeliz isso é resultado de você mesmo, torne-a mais intensa que a vida é pra se viver intensamente, porque o resultado virá no seu esforço na sua vontade de viver na felicidade
Não vai pensando que é tudo fácil e também não desista se está difícil, o que vem fácil vai fácil e o que você consegue no seu esforço dura, porque você lutou para ter e irá conservar e cuidar para que sempre fique renovada, a conquista é um prato que nunca se esfria e nem perde o sabor, mas pode escapar das suas mãos não vacile ficar atento é que ti mantém naquela sensação que sentiu, o bom pastor ordenha suas ovelhas com o jeito de elas andarem em fila sem sair da linha.
Compartilhar:

Confidencias

Confidencias_by_ELENADUDINA
Fechei a boca para não dizer
E com meus olhos fechados
Para não enxergar
Que tudo que sonhei não estava acontecendo
E tudo que queria naquele momento
Era chorar, e da minha boca só saia o som
    Que o choro fazia, não imagina
Que amar assim é sofrer
Mas teve uma hora que quis dizer
Revelar meus sentimentos
E assim fui guardando, foi meu erro
Agora só fico sem jeito
Não conseguindo o respeito
Do seu coração pro meu
Não consigo nem enxergar os céus
Muito menos o amor seu
O que eu poderia fazer
Se não consegui te ter
O jeito é tentar viver.
Por Márcio Ferreira
Compartilhar:

O que a gente deve sentir é pra nós mesmo

tumblr_lg1xodtI9j1qe100po1_500
O que a gente deve sentir é pra nós mesmo
O que quero pra mim é o que desejo para companheira
E nada pode tirar isso de mim sem eu querer
A minha alma é que me faz amar
E se tenho essa pessoa para compartilhar
Por que devo negar? Acho que quando ama
Deve se entregar mesmo se for uma decepção
Tudo que acho bom pra mim é o que vou tentar
Enquanto houver forças eu vou buscar
A luta é o que me faz vencer
À vontade de ter a quem eu amo do lado
E se acaso um dia eu perder isso não desanima
Pois só vai dar forças para continuar
Porque gosto da vitória
E entro numa batalha pra vencer
E não pra desistir no primeiro tropeço
E é natural a gente viver em altos e baixos
Nem todas vezes estamos bem
E também nem todas vezes estamos maus
A vida é um equilíbrio que faz você vencer e perder
Então, não desista e continue sempre na luta
Só descanse quando perceber que é o que você sempre quis
Por Márcio Ferreira
Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

email newsletter

Link-me


Divulgue o By Poesia