Twitter

12/03/2009

O Tempo (Mário Quintana)

Mário Quintana 

O que mais poderíamos ver se o tempo passa tão de pressa que não dá nem tempo de pensar nas coisas antes de acontecer, quando se percebe já foi, já aconteceu e não tem como voltar atrás deixando só a lembrança ou a angústia de ter passado por algo de ruim, e depois que passar perceber que poderia ter evitado, poderia ter feito diferente, lamentações não adiantam mais já foi, já passou! Segue a baixo um poema de “Mario Quintana” que diz muito bem o que estou comentando aqui…

(Por Márcio Ferreira)

Mário Quintana

Mário de Miranda Quintana foi um poeta, tradutor e jornalista brasileiro. Nasceu em Alegrete na noite de 30 de julho de 1906 e faleceu em Porto Alegre, em 5 de maio de 1994. [Biografia]

O Tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Related Posts with Thumbnails

36 comentários :

  1. Maravilhoso, um dos meus preferidos. Traduz bem o que sinto nessas alturas da vida.Obs. Não sei o que era p/ eu pegar de presente.

    ResponderExcluir
  2. O que posso afirmar com certeza além do poema ser lindo!, é que o tempo não para, não espera por nossas decisões e escolhas.É preciso viver com certeza e verdade cada dia como se fosse o ultimo.

    ResponderExcluir
  3. Querido amo todos os seus poemos principalmente esse o tempo...
    abraços!

    ResponderExcluir
  4. aprovieitar com intencidade a cada minutim é o ki podemos fazer ....

    ResponderExcluir
  5. É o contrário, meu amigo. Este texto trata da vida que podia ter sido, mas não foi, por puro medo.
    .
    Veja:
    .
    "Agora é tarde demais para ser reprovado..." - As pessoas não realizam nada em suas vidas por causa do medo do fracasso, porém, chega a hora da morte, da falência para a qual não existe remédio. Já que o fim seria a morte, não teria valido apena arriscar durante a vida? No final, perdemos até o direito de fracassar, pois o tempo acabou.
    .
    "Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
    A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará." - No fim, é melhor vivermos com a saudade das pessoas que perdemos ao longo do tempo, do que com a saudade angustiada do que poderia ter sido e não foi.
    .
    Resumindo, é um texto para os jovens. Para aqueles que ainda têm chances de viver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. serto
      serto
      serto
      serto
      serto
      e
      serto

      Excluir
    2. certo e com "c"

      Excluir
  6. Amei um Amigo me indicou, e vou passar adiane, porque a realidade esta aí para todos, mas poucos tem a oportunidade de ver e de aproveitar sem medo... bjos

    ResponderExcluir
  7. Quando se vê já foi, já passou... Quando se vê a gente já está envolvido seja o que for em que estamos envolvidos é assim o dia de amanhã não nos pertence mesmo...

    Obrigado a todos os amigos que aqui comentam!!!

    ResponderExcluir
  8. Eu Amei! Eu estou no segundo ano estudando a vida de Mário Quintana. Um poema... Hum... Mais que maravilhoso!!! O TEMPO A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS
    ESCOLHEMOS O QUE É MELHOR
    MAIS AS VEZES, TUDO QUE ACHAMOS QUE IA DAR CERTO, DEU ERRADO
    QUE PENA
    O TEMPO NOS LEVA
    PARA ONDE ELE NOS LEVAR
    SEJA EM ESPANHA OU FRANÇA
    O TEMPO
    TEMPO PASA, AS HORAS PASSAM

    ResponderExcluir
  9. Maturidade tem mais a ver com as experiências de vida do que com aniversários. (Shakespeare)
    Quanto mais velhos ficamos, entendemos coisas que não entendíamos anteriormente.
    Apreciem cada momento de vida, pois, quando esta se tornar escassa, irão querer ela de volta com tudo que tinha de bom. mas a verdade vai ser outra e nao dará mais tempo pra nada...
    eejardim@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Ficou confuso: a parte final não é de Quintana. Tem que explicar ou botar com outra letra quando é teu comentário, Márcio.

    ResponderExcluir
  11. @Poetta
    Do jeito que peguei no site "O pensador" eu coloquei aqui, eu coloco alguns poemas de poetas que gosto só isso! Meu comentário só está no começo e nem um outro lugar do texto! Até mais obrigado por comentar.

    ResponderExcluir
  12. MÁRIO QUINTANA,DEVERIA ESTÁ EM UM ESTADO DE MUITA REFLEXÃO E CONEXÃO COM SEU INTERIOR,POR QUE ESSA POESIA É SIMPLESMENTE PERFEITA EM TODOS OS ASPECTO,SEM CONTAR COM O GRAU DE VERACIDADE CONTIDA,POIS PERDEMOS TANTO TEMPO COM COISAS BANAIS QUE ACABAMOS POR NÃO APROVEITAR PEQUENOS DETALHES.

    ResponderExcluir
  13. Mário Quintana está redondamente certo... pois "o tempo é o inexorável enxugador de lágrimas." Joana de Ângelis.

    ResponderExcluir
  14. MUITO BOM! MÁRIO QUINTANA É UM DOS MEUS PREFERIDOS.PARABÉNS PELAS ESCOLHAS.

    ResponderExcluir
  15. Grande Mario Quintana, um dos maiores poetas que já li. E pensar que Mario Quintana não foi aceito na ABL e o Sarney foi.

    ResponderExcluir
  16. Realmente esse poema traduz o mais verdadeiro cotídiano da vida...por issi que esse poema é fantástico.

    ResponderExcluir
  17. Realmente esse poema traduz a relidade da vida...por esse motivo que ele é fantástico!!!

    ResponderExcluir
  18. Lindooo, é incrível como esse poema entra em mentes e se assemelha com muitos dos que leram inclusive comigo!

    ResponderExcluir
  19. ACHO QUE NÃO TEM COMO SER DIFERENTE, A VIDA É UMA ARMADILHA, QUANDO PERCEBEMOS, JÁ CAIMOS .

    ResponderExcluir
  20. Eterno Mario Quintana...

    Eliane Cristina

    ResponderExcluir
  21. após não ser aceito na ACBL(o que ele nem fazia questão) ele fez o seguinte o poema:


    Todos esses que aí estão
    atravancando meu caminho,
    Eles passarão,
    Eu passarinho.
    OBS:não tenho certeza se a ordem dos fatos foi essa,mas o que importa? não nos apeguemos a detalhes (?).poema genial! ele era genial!

    ResponderExcluir
  22. haha muito verdadeiro
    1

    ResponderExcluir
  23. haha muito verdadeiro
    1

    ResponderExcluir
  24. ai eu achei lindo esse poema serve certinho pra mim =/

    ResponderExcluir
  25. bem legal é bom saber um pouco da vida de sertos poetas.

    ResponderExcluir
  26. Muito bom, realmente este Mário Quintana nos surpreende...

    ResponderExcluir
  27. gosteii muiito!!!

    ResponderExcluir
  28. eu adorei o texto o tempo ele e muito legal eu acho que eu vou tera uma 10

    ResponderExcluir
  29. adorei gosto muito de mario quintanaé so postar maisbjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. calma pessoal; menos expectativa em relação aos outros, mais simplicidade e modéstia, ser verdadeiro consigo mesmo. respeito a todas as formas de vida,atentar para o que voce faz a cada minuto. é como se o relógio parasse e expermentasse outra ordem do tempo, desta feita sem afliçao. abraços sem pressa!

      Excluir
  30. Parabéns pelo maravilhoso post, adorei e levo essa maravilhosa poesia.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita espero que volte sempre ;)!

      Excluir

Leia as regras
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Os comentários que respeitarem as regras abaixo serão publicados:

- Devido aos constantes comentários de pessoas anônimas sem se quer deixar seu nome, agora terá que se logar com uma conta do Google para comentar...
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção openID
- CAIXA ALTA, miguxês ou erros de ortografia não serão tolerados;
- Ofensas pessoais, ameaças e xingamentos não são permitidos;
- O espaço dos comentários não é lugar para pedir parceria para isso use o formulario de Contato;
- Ao comentar como anônimo deixe seu nome para eu saber ao menos isso;

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira