Twitter

17/09/2009

O tempo passou

Ilustração
(imagem: Foto Rita)

Veio-me um tempo, tempo do que passou e ficou pra trás
O tempo passa e a gente não percebe que a idade trás a lição do que viveu
Lembrando desse tempo que pelo espelho se reflete nos dias de hoje
Ficando a questão; será que tudo isso é pra me testar?
Preciso de consolo verdadeiro, preciso da emoção maior
Preciso chorar para aliviar a solidão; nem isso eu consigo
Preciso dos melhores momentos me atingindo de cheio
Preciso saber de você que está por ai
Preciso te encontrar, te ver
Tenho que saber que o amor é capaz de me reerguer
Tenho que acreditar na realização do sonho
Eu tenho que sentir o seu coração palpitar junto ao meu na mesma sintonia
Tenho que saber o que é melhor pra mim
Preciso saber que tudo é maravilhoso para depois eu não ficar na solidão
E nem derramando magoas dos tempos passados quando passar
Preciso do presente construindo o futuro
Desejo estar com você mesmo que for para te encontrar por um acaso.

Por Márcio Ferreira

Related Posts with Thumbnails

2 comentários :

  1. Márcio, valem as tentativas para concretizar nossos desejos e consequente realização dos sonhos. Não custa tentar! Boa sorte! Beijus

    ResponderExcluir
  2. Belo poema e muito bem escrito alma mesmo de poeta.
    A paz

    ResponderExcluir

Leia as regras
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Os comentários que respeitarem as regras abaixo serão publicados:

- Devido aos constantes comentários de pessoas anônimas sem se quer deixar seu nome, agora terá que se logar com uma conta do Google para comentar...
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção openID
- CAIXA ALTA, miguxês ou erros de ortografia não serão tolerados;
- Ofensas pessoais, ameaças e xingamentos não são permitidos;
- O espaço dos comentários não é lugar para pedir parceria para isso use o formulario de Contato;
- Ao comentar como anônimo deixe seu nome para eu saber ao menos isso;

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira