Twitter

18 de fev de 2010

Vem aqui sempre foi o nosso ninho

Ilustração

Vem aqui sempre foi o nosso ninho
Vem com sua delicadeza me dar carinho
Tira-me o sufoco
Dar-me a sua atenção nessa noite de frio

Peço-te um pouco
Do seu beijo que me causa arrepio
Eu fico louco
Para completar esse vazio

Eu não sei até quando vou poder lutar
O que eu faço pra poder me recuperar
A solidão insiste em me machucar
Procurei uma maneira de curar

Sem você eu não vou suportar
Eu tentei, mas não deu pra segurar
Enjoei de tanto esperar
Não agüento mais chorar

Já não tenho mais o seu calor
Parece que ainda sinto o seu sabor
Só me restou a dor
E morrer aos poucos de amor

A sua falta está me matando
Não faz isso comigo, por favor,
Vou continuar implorando
Em quanto eu estiver te amando.

Por Márcio Ferreira

Imagem: Flávio Cruvinel Brandão

Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira