Alguma dúvida?

Ilustração
As duvidas atrapalham, mas não podemos saber de tudo e qual pessoa não ficou na duvida de algo? De ser que pode ter tentado ou não... A duvida a melhor maneira de não sofrer com isso é se houver a chance de saber o caminho certo ou se você tem duvidado de algo semelhante ao amor, mesmo sendo na vida cotidiana faça o certo, pois, correr pelo certo é a melhor opção de não se arrepender... A vida trás o que a gente constrói, a vida não trás surpresas sendo que você plantou uma semente mal colherá um fruto mal... Se você selecionar da melhor forma os grãos você terá bom resultado final
O que não adianta são os choros sem que tenha alguma reação da sua parte para melhorar se algo estiver te chateando tente consertar e não fique parado sem fazer nada pra que isso pare de burlar sua vida... Você era feliz e agora não consegue nem ao menos sorrir, não se desespere, pois, a vida não te faz infeliz isso é resultado de você mesmo, torne-a mais intensa que a vida é pra se viver intensamente, porque o resultado virá no seu esforço na sua vontade de viver na felicidade
Não vai pensando que é tudo fácil e também não desista se está difícil, o que vem fácil vai fácil e o que você consegue no seu esforço dura, porque você lutou para ter e irá conservar e cuidar para que sempre fique renovada, a conquista é um prato que nunca se esfria e nem perde o sabor, mas pode escapar das suas mãos não vacile ficar atento é que ti mantém naquela sensação que sentiu, o bom pastor ordenha suas ovelhas com o jeito de elas andarem em fila sem sair da linha.
Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter