Twitter

9 de set de 2008

Sozinho Estou


Estou Sozinho
Conforto-me em minha cama, em uma noite fria sozinho
Não tendo com quem conversar e nem me aquecer
Nada
Melhor que dois corpos para abater o frio
E sozinho veio o pensamento, será que ficarei assim?
A vida toda?
Não terei ninguém em noites como essa?
Como posso aliviar minha dor, se não tenho alguém
Para encher meu peito que se encontra vazio, meu coração
Precisa de um amor, uma companhia, só assim não perderei
Noites de sono e encontrarei uma razão de viver
Viver para esta pessoa
Perco-me em uma escuridão
Um labirinto escuro que me parece não ter saída
O destino me atropelou com isso
Solidão
Para que viver se triste estou, para que viver se não
Tenho razões
Minha vida esta atormentada com isso e venho tentando
Aliviar-me
E não conseguindo choro e penso em dar fim em tudo isto
Só não sei como farei tal coisa.
Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira