Twitter

11 de set de 2008

Vinicius de Moraes!

Estava lendo um livro do grande poeta e compositor Vinicius de Moraes e vi algo que me chamou a atenção, aliás, tudo que Vinicius escreveu me chama a atenção, só que não tinha reparado em um certo "SONETO DO AMOR MAIOR" me identifiquei com esta música que diz do amor em varias formas de sentimentos, de uma olhada você mesmo...

Soneto do maior amor:

Maior amor nem mais estranho existe
Que o meu, que não sossega a coisa amada
E quando a sente alegre, fica triste
E se a vê descontente, dá risada.

E que só fica em paz se lhe resiste
O amado coração, e que se agrada
Mais da eterna aventura em que persiste
Que de uma vida mal-aventurada.

Louco amor meu, que quando toca, fere
E quando fere vibra, mas prefere
Ferir a fenecer – e vive a esmo

Fiel à sua lei de cada instante
Desassombrado, doido, delirante
Numa paixão de tudo e de si mesmo.

Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira