Sobre o mundo

mundo1

Encarando o mundo com os ouvidos tapados
Sendo a pior das opções em um mundo bandido
Um mundo de ilusões, nada que vem do mundo
É diferente que a seca faz com o solo
E porque se preocupar com as coisas do mundo
Somente um ser humano tem valor

Pra ser valioso aqui na vida tem que fazer por merecer
É essa a diferença entre nossa vivencie e o mundo em que vivemos
Tudo muda, porque o mundo não nos dá escolhas
E sim barreiras a serem quebradas, essas coisas de não poder
Andar conforme o mundo determina
É difícil encarar a realidade de que o mundo faz o pecado

Ele foi abandonado e jogado na mão do mal
O mundo sim, as pessoas não porque ter amor
Pelo mundo a onde tudo que ele oferece é errado
Nas leis de Deus, se queres algo verdadeiro em sua vida

Deve se entregar para o ser criador desse mundo
Ele é a saída para que tirassem nossas angústias
Que o mundo colocou em nossos corações
Não se iluda com a vida aqui no mundo
Estamos somente de passagem e tudo fica nada vai levar

Está questão que o mundo é maravilhoso
Pode ser por um único motivo, é a onde vivemos
Do mais não acredito que seja vantajoso
Amar o mundo e se esquecer de Deus.

Por Márcio Ferreira

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter