A puberdade e o amor

A vida é um caso o amor é uma fase, fase boa que não se finda
O coração sente e nunca deixa de sentir a alma reluz
E reflete esse sentimento para felicidade que existe
Amando sem parar e nem deixar levar o que te enche a alma
Seu semblante muda, seus atos se desenvolvem, amadurece
Deixa de serem inocentes seus pensamentos

Tudo em você muda até seu físico e o que ficou em você
Foram somente os desejos, isso já está sendo realizado
A partir do sentimento que invade seus pensamentos
E também seu coração muda de palpitar, acelera a corrente
Que corre em suas veias aquecendo seu corpo

Deixando ferver o que estava preparado
Nasceu um sentimento que você percebe que é bom
Em fases que mostra o sentindo da sua vida, aquilo que
Faz-te sonhar já não é a mesma coisa
Em que você acreditava mudando seus conceitos
De que o amor era daquele jeito

Dos tempos de infância já não é mais
Inocente e sim um pouco indecente e também bom
Para sua puberdade que está se transformando
Numa pessoa diferente do que era sendo o amor
Que te transformou.

Por Márcio Ferreira

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter