A onde está a certeza?

inseguro

Se o dia conseguisse clarear minha vida sem que a escuridão dos meus pensamentos pudesse escurecer a minha visão me deixando sem perspectiva de continuar a acreditar que passei apenas uma má impressão dos meus atos, eu conseguiria entender as coisas mais loucas que um ser humano faz por amor, meus pensamentos são dos mais sinceros que existem, mas com uma pequena diferença do que desejo pra mim, amor é a saída para insegurança do coração, quando ficamos sozinhos por muito tempo sem nada pra encher a alma e o coração de alegria nasce uma barreira que fica meio difícil de ser quebrada, meu coração não pode cria essa barreira e nem doer por isso, algum motivo para eu dizer que sou feliz acho que não tenho isso que digo no amor essa minha felicidade no amor parece que não chega e fico pensando comigo mesmo será que não vou conseguir alcançar essa felicidade tão deseja para minha vida? Eu não me cesso em me perguntar, quanto tempo eu suporto em viver esperando um alguém que dá a entender que nunca irá acontecer o prometido? Não é nem questão de promessas e sim de sentimentos, questão de amor e querer alguém amado, se não se preocupa não ama a importância de uma relação e a preocupação de ambos para um com outro, estou quase desistindo dos meus sentimentos e isso é ruim para meu interior perceber que não estou sendo capaz de amar a pessoa certa, incertezas é uns dos piores sentimentos para entrar no caminho de uma relação amorosa, se há incertezas penso comigo que não há amor ai que entra a desilusão e o descaso.

Por Márcio Ferreira

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter