Twitter

17 de mar de 2010

Soneto do triste amor

Ilustração

Houve amor os sonhos e a dor
Também houve a grandeza
Deu-nos o calor
E a paixão, também, a certeza

Fez-nos chorar sem poder enxugar
As lagrimas desceram
Pensando sentado no mesmo lugar
Se todos esses sentimentos se foram

E aqui ficou o que não poderia ter
Desconfiança me atingiu
Desacreditei do fundo do meu ser
E bem no fundo do meu coração feriu

Alguns motivos me fez deixar de sonhar
Vi a minha vida num pesadelo
Não sei mais em que acreditar
Se não sinto mais o cheiro dos seus cabelos

Fico em meio à solidão
Estou um tanto cansado
Por você ter partido meu coração
É isso que me deixou desanimado

Não consigo mais amar
Não sei mais o que fazer
O jeito é chorar
Calado sem nada a dizer

Nesta tristeza do meu coração
Eu tento aliviar com muita luta
Não quero ficar nessa depressão
Vou vencer essa disputa

Minha vida está isolada
Preciso sair dessa cilada
E percorrer a caminhada
Pra tudo há uma saída
Vou reconstruir minha vida

Por Márcio Ferreira

Fonte da imagem

Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira