Twitter

10 de jul de 2010

O calado amor

Ilustração

O calado amor
Aquele reprimido que tenta ser escondido
Aquele que sempre se revela
Forte e confiante nunca perde a esperança
De toda forma corre atrás
Para se revelar o amor árduo
E no fervor que acontece no coração
É bom sempre lembrar que ainda existe
Aquele restinho de sentimento que um dia foi grande
E inteiramente não se perdeu por mero capricho
A o que dizem que o amor vai e vem
Outros dizem que o amor é um só
E muitos morrem por não ter amor
Mas o que importa é a felicidade
Que se vive no cotidiano
Não podendo depender de outros
E sim depender do seu amor próprio
Porque primeiro temos que nos amar
Para depois entregar esse sentimento à outra pessoa

Por Márcio Ferreira

Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira