Para refletir

reflexao

Tudo que é paixão e nas partes que o amor nos alegra
Tudo que é amor e de qualquer jeito é do coração
Mas nem tudo é o que pensamos
Às vezes perdemos o sentindo de viver
A razão nos abandona sem que avise ou que faça você
Perceber para se preparar daquela infelicidade
Não se pode deixar de amar por nenhuma razão
Viver sem amor é complicado, não tem sentido algum
Para que viver se não a compaixão ou algo similar
Para sorrir enquanto está bem com sigo mesmo
Se não houver amor não há sentimento dentro de ti
E pra que viver no vazio e ilusões da vida
Já parou para pensar que o amor transforma a pessoa
Faz seu coração se encher de coisas boas
E essa pessoa não vive a esmo
Tem um caminho para traçar e seu destino corre junto
Com essa trajetória tendo amor, paixão, felicidade
E razão para viver, viver para amar e sorrir porque ama
Nada de ilusão e também nada de chorar de tristeza
Apenas sorrir e se correr a lagrima que seja de alegria
Faça por si só corre atrás de seus sonhos
Realize seus ideais, não desista já mais
Desistir demonstra que você não é capaz de enfrentar
Qualquer tipo de batalha seja ela qual for
De isso a si mesmo forças para que seja alegre
E se por ventura já o for estiver carregando esse sentimento
Continue do jeito que está não mude segue da mesma forma
Primeiro a gente deve fazer por nós mesmo
Para transmitir a quem nos rodeia
Não adianta fazermos coisas estando mau conosco mesmo
Sai tudo errado e não dura, faça sem pressa sem desespero
E sairá da melhor forma que for possível e sairá bem melhor
Do que feito do jeito oposto
Não deixe que colocar o amor à frente de tudo
Para que de um toque especial em seus atos
Suas atitudes dependem do gostar e suas realizações
Dependem da sua força de vontade.

Por Márcio Poeta

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter