Twitter

9 de abr de 2009

Superação

Cadê a emoção que faz sorrir? Onde está aquele sentimento bom do mais puro que existe, e por fazer até chorar da felicidade vir as lagrimas, é podemos chorar de felicidade quando a emoção bate forte no peito, jasmim em mim parece um trovão de assustar esbugalhar os olhos, um furacão passou e levou o que restava do sentimento que tinha, era da cor lilás fazia acontecer e contagiava o ar, exalava a emoção e a paz, que sentimento bom era aquele? Não sei, só sei que era bom ultimamente não ando tendo essa mesma sensação, sentimento de perca e de saudades isso me persegue agora, não sou sádico não gosto de coisas más nem tão pouco de sofrer, mas é o que anda acontecendo, amor assim é como um rio que a água passa e não volta sempre desaguando

O rio desce a ladeira da vala que pra ele é destinado e a água que passou não retorna sempre é diferente o descer o escorrer, mais puro, lindo e único a diferença que tem é sua beleza sua grandeza e sua natureza do amor que é desprezado do sentimento que está abandonado e a ilusão toma conta, parece que tem uma poluição que dizimou esse rio ao podre que as falsas promessas deixam, não tem como pensar que do mais exaltante que existe é abandonado pode ser profundo e intenso não adianta quando é assim, simples é dizer que ama, mas amar é mais difícil que se imagina são poucos que sentem verdadeiramente o amor.

Por Márcio Ferreira

Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira