Superação

Cadê a emoção que faz sorrir? Onde está aquele sentimento bom do mais puro que existe, e por fazer até chorar da felicidade vir as lagrimas, é podemos chorar de felicidade quando a emoção bate forte no peito, jasmim em mim parece um trovão de assustar esbugalhar os olhos, um furacão passou e levou o que restava do sentimento que tinha, era da cor lilás fazia acontecer e contagiava o ar, exalava a emoção e a paz, que sentimento bom era aquele? Não sei, só sei que era bom ultimamente não ando tendo essa mesma sensação, sentimento de perca e de saudades isso me persegue agora, não sou sádico não gosto de coisas más nem tão pouco de sofrer, mas é o que anda acontecendo, amor assim é como um rio que a água passa e não volta sempre desaguando

O rio desce a ladeira da vala que pra ele é destinado e a água que passou não retorna sempre é diferente o descer o escorrer, mais puro, lindo e único a diferença que tem é sua beleza sua grandeza e sua natureza do amor que é desprezado do sentimento que está abandonado e a ilusão toma conta, parece que tem uma poluição que dizimou esse rio ao podre que as falsas promessas deixam, não tem como pensar que do mais exaltante que existe é abandonado pode ser profundo e intenso não adianta quando é assim, simples é dizer que ama, mas amar é mais difícil que se imagina são poucos que sentem verdadeiramente o amor.

Por Márcio Ferreira

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter