Amor não é brincadeira

Eu não sei mais o que você me diz todas as suas contradições passei a perceber, fui levando os fatos em um cantinho e comecei a juntar as peças, não compensa correr atrás nem ficar martirizando com mágoas, isso é passado, não tem volta, eu acordei pra vida e fiz dos meus sonhos guardados, não quero os entregar a ninguém (por em quanto). Vou viver a minha vida de um jeito diferente começar do zero, porque ainda começando do zero posso saber de nunca mais cai no mesmo erro, na mesma angustia em que vivi, eu estou livre e sou livre eu sempre te disse que da maneira que estava eu não queria, você não fez nada para mudar isso continuando na mesma distração de sempre (Eu era essa distração). Agora não sou mais um passa tempo para seu dia, não me importo com que você me conta ou jura, porque fui descobrindo as mesquinharias que sai de sua boca isso é que só palavras você pode me dar, além disso, palavras mentirosas saiam de sua boca, não pude ver seu semblante quando dizia que me amava e quando dizia que me desejava isso tudo não passou de uma brincadeira, em quanto que da minha parte estava o amor verdadeiro, acho que o amor nos deixa cego sem visão para as palhaçadas dos outros, terminando meu desabafo falo com convicção, amar eu amo ainda, mas não do jeito que amei um dia e isso está passando, agora penso comigo será que era amor mesmo ou uma ilusão contagiante? Deve ser ou até poderia ser amor e agora nada disso importa.

Por Marcio Ferreira

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter