Djavan

A carta - Djavan

"Não vá levar tudo tão a sério. Sentindo que dá, deixa correr Se souber confiar no seu critério Nada a temer
Não vá levar tudo tão na boa
Brigue para obter o melhor Se errar por amor Deus abençoa
Seja você..."

Essas são palavras desse artista que entre romantismo em muitas musicas transmite o amor e para muitos que curtem e levam a sério a musica popular brasileira eu não poderia deixar de me expressar sobre ele "Djavan", "Se acontecer" um de seus grandes sucessos também, ha quem diga ouvir Djavan é se inspirar para grandes amores pelo menos eu adoto esse critério e muitas músicas que ele canta já me inspirou para várias coisas, já me fez pensar e refletir muitos momentos bons da minha vida em que me recordo quando ouço Djavan e para compartilhar os sentimentos que eu senti e possa fazer com que o leitor sinta algo semelhante entre muitas músicas escolhi uma que é bem aprofundada no assunto "romantismo" entre outras.

 Ouvir a Musica

Album - Djavan

 Um Amor Puro

Intérprete: Djavan
Compositor: Djavan
Álbum: Ao Vivo volume 2

 

O que há dentro do meu coração
Eu tenho guardado pra te dar
E todas as horas que o tempo
Tem pra me conceder
São tuas até morrer

E a tua história, eu não sei
Mas me diga só o que for bom
Um amor tão puro que ainda nem sabe
A força que tem
é teu e de mais ninguém

Te adoro em tudo, tudo, tudo
Quero mais que tudo, tudo, tudo
Te amar sem limites
Viver uma grande história

Aqui ou noutro lugar
Que pode ser feio ou bonito
Se nós estivermos juntos
Haverá um céu azul

Um amor puro
Não sabe a força que tem
Meu amor eu juro
Ser teu e de mais ninguém
Um amor puro

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter