O que ficou foram as lembranças

Tudo que passamos na vida alguma coisa fica
E alguma coisa se perde, fica no esquecimento
A lembrança é inevitável em maneiras de se achar perdido
Podemos aproveitar as experiências que o passado nos deu
E não repetir os mesmo erros que fizemos
E fazer coisas boas que tivemos a oportunidade de fazer
E não fizemos pensar bem antes de fazer
Para que não se arrependa no futuro
Nada mais difícil do que o arrependimento
Sabendo que poderia não estar sentindo tal coisa
Fazer tudo que você pode para não sofrer de novo
Deixando os sentimentos bons entrarem no coração
Sem medo de ser feliz
Nada como um amor para encher seu coração
Se abrir para novos amores ou continuar a quem ama
Ser feliz é importante, mas nem todos são ou vivem felizes
Só basta acreditar e lutar pela felicidade que não se recusa
Em vir para entrar na sua vida.

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter