Twitter

18 de fev de 2009

Concordância da língua portuguesa (Parte 3)

Mostrando aqui a 3ª e ultima parte desse tema com a série de frases a serem corrigidas e mais um texto para analise…

2 - CONCORDÂNCIA NOMINAL
Corrija apenas as frases em que a concordância é inaceitável segundo a norma culta:

1. É meio dia e meio.
2. Ela está meia cansada.
3. Isso é de menas importância
4. Fez tudo conformes os procedimentos.
5. É proibido a entrada de estranhos.
6. Ela mesmo resolveu o problema.
7. As duas chegaram junto e querem ficar só.
8. Anexo seguem todas as notas fiscais.
9. Ele considerou muito estranho a troca dos motores.
10. Pediu emprestado a quantia de R$ 10 mil.
11. Ficou com parte do corpo paralisado.
12. Vai competir na prova dos 100 metros livres.
13. Comprou um casaco e uma camisa brancos.
14. Da janela, avistamos o sol e o mar azuis.
15. Escolheu má hora e lugar.

Bom o que eu mostrei até aqui foram as questões que saíram no concurso publico, dando a explicação das concordâncias e em seguida colocando as frases a serem corrigidas, agora vamos para 2ª parte dos textos para analise.

CONTINUANDO COM A CONCORDÂNCIA NOMINAL

Regra básica: Os artigos, os adjetivos, os pronomes e os numerais devem concordar com o substantivo em gênero e numero.

“Mas não é só nos chamados mercados EMERGENTES.”
“As empresas sentiram o quanto são IMPORTANTES esses encontros.”
“Alguns índios já declaram guerra à espécie de jacaré mais AGRESSIVA que vive no Brasil.”
“Ele disse ter achado ESTRANHA a demora dos policiais em comunicar a operação aos supervisores.”
“Pediu EMPRESTADA a quantia de dez mil dólares.”
“Ele tachou de ABSURDAS as declarações do deputado.”
“O juiz considerou ILEGAIS os dois gols.”
“Uma pequena parte do lixo é REAPROVEITADA.”
“Devido a este acidente, ele ficou com parte do corpo PARALISADA.”

Espero que possa ter tido uma idéia sobre a concordância da Língua Portuguesa são regras que não há segredos, mas provocam duvidas em muitas pessoas e também espero que gostaram ;-).

Related Posts with Thumbnails

  © By Poesia - Todos os direitos reservados.

Tecnologia - Blogger | Modificado por - Márcio Ferreira