Tenho esperanças em você. Morena Tropicana – Alceu Valença

A vida sabe de mim, mas eu não sei da minha vida
Sem você como poderei saber de mim
O dia de amanhã não sei
E o presente eu tento saber
De que coisa eu sofro
Se é de amor ou de falta de você
Ai me pego a chorar
Com desejo de te beijar
Abraçar ao menos
Mas o querer esta me castigando
Porque só fico no querer
Sem realização
E o resto me sobra
Que é a agonia de viver longe de ti

Por Márcio Poeta

Alceu Valença
Composição: Alceu Valença / Vicente Barreto

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo
Melão maduro, sapoti juá
Jabuticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbu cajá...

Pele macia
Ai! carne de caju
Saliva doce
Doce mel
Mel de uruçú...

Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vem me desfrutar
Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vou te desfrutar...

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô...(2x)

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo
Melão maduro, sapoti juá
Jabuticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbu cajá...

Pele macia
Ai! carne de caju
Saliva doce
Doce mel
Mel de uruçú...

Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vou te desfrutar
Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vem me desfrutar...

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô...(2x)

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô...(2x)

Da manga rosa
Quero gosto e o sumo
Melão maduro, sapoti juá
Jabuticaba teu olhar noturno
Beijo travoso de umbu cajá...

Pele macia
Ai! carne de caju
Saliva doce
Doce mel
Mel de uruçú...

Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vou te desfrutar
Linda morena
Fruta de vez temporana
Caldo de cana caiana
Vem me desfrutar...

Morena Tropicana
Eu quero teu sabor
Ai, ai, ioiô, ioiô...(2x)

Morena Tropicana!...

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

Seguidores

Google+ seguidores

Total de visualizações

Mario Quintana

O TRÁGICO DILEMA: Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.

AMAR: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei... O amor é quando a gente mora um no outro.

BILHETE: Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, Amada, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Por Mario Quintana

Veja outros autores em: Pensador.Info

VEM DO CORAÇÃO

Há um sentimento para contemplar, como encontrar palavras que expressa o sentimento continuo e duradouro, somente os gestos, olhares, carinhos e até mesmo o silêncio poderá explicar o que sinto, para quem corresponde será um bom entendedor.

Márcio Ferreira

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

email newsletter